dormência nos pés

Formigamento e dormência nos pés: descubra as principais causas

A sensação de formigamento ou de dormência nos pés é algo comum de se ter. Normalmente, esse tipo de sensibilidade aparece após dormir em uma posição desfavorável ou mesmo depois de se ter cruzado as pernas por muito tempo. Contudo, a frequência desse fenômeno deve ser observada, uma vez que, isso sim, pode indicar algum problema.

Para que você tenha uma ideia, os episódios constantes de formigamento e dormência nos pés também apontam para sintomas de doenças graves, dentre as quais a síndrome de Guillain-Barré — doença rara que provoca fraqueza muscular e outras consequências nervosas. Ou seja, as ocorrências frequentes desse tipo não podem ser ignoradas, mas investigadas.

Então, a fim de esclarecer o tema e ajudar você a cuidar da sua saúde, este artigo traz as principais causas desses eventos. Continue a leitura!

Causas do formigamento e da dormência nos pés

Falta de vitaminas

O déficit vitamínico interfere significativamente no funcionamento do organismo. Por exemplo, a falta de vitamina B12, além de provocar formigamento e dormência nos membros inferiores, também pode culminar em anemia. Já a deficiência da B1 tende a causar beribéri.

Estenose raquidiana ou cervical

Geralmente, o estreitamento do espaço entre a coluna vertebral e o canal espinhal do pescoço gera pressão sobre as raízes nervosas ou a medula e, portanto, culmina nessas sensações.

Hérnia de disco

Trata-se de uma saliência ou relevo do disco intervertebral que acarreta sintomas desagradáveis, como dores nas costas, vômitos, inchaço ou desconforto na parte genital, além dos sinais descritos neste artigo.

Ataques de pânico

Normalmente, as circunstâncias de ansiedade e estresse extremos também indicam ocorrências desse tipo que, geralmente, vêm acompanhadas de outros sintomas, como calafrios, dores na barriga e no peito, além de palpitações cardíacas.

Hipotireoidismo

A inexistência ou a produção insuficiente de hormônios da tireoide também provocam esses sintomas. No entanto, essa manifestação ainda produz outros sinais, como sensibilidade ao frio, fadiga, perda de cabelo e aumento de peso sem motivo aparente.

Diabetes

A má circulação promovida pela diabetes se enquadra nos motivos apresentados, porque os níveis de açúcar aumentados no sangue se tornam toxinas no organismo, sobretudo nos nervos. Além disso, as manifestações também podem indicar o começo de úlceras e feridas.

Esclerose múltipla

A sensação de visão dupla, combinada com fraqueza, dificuldade de controlar o intestino ou a bexiga, por exemplo, pode indicar esclerose múltipla. Por isso, se os sintomas apresentados neste artigo forem frequentes, não hesite em procurar ajuda médica. Afinal, somente a averiguação clínica, por meio de exames, poderá comprovar o diagnóstico.

Aterosclerose

Se no interior das artérias se acumulam placas de gorduras, o risco de AVC ou infarto se torna iminente, pois essas placas, com o passar do tempo, bloqueiam a passagem do sangue, interrompendo o fluxo sanguíneo no organismo.

Viu como é importante verificar as causas do formigamento e da dormência nos pés? Pois é, essas sensações, quando se tornam frequentes, devem ser observadas com atenção, uma vez que a probabilidade de o problema ser grave é real.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular no Vila da Serra!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe