Inchaço nas pernas

Inchaço nas pernas: quais são as causas?

Todos os dias, o nosso organismo supera o desafio de vencer a gravidade e fazer o retorno do sangue dos membros inferiores para o coração. Agir na “direção contrária” durante todo o tempo nem sempre é fácil e, às vezes, pode acontecer de o indivíduo apresentar inchaço nas pernas.

Embora seja muito comum, esse edema deve ser investigado quando for recorrente. Identificar a causa do problema não é tão simples: existem inúmeros motivos que podem acarretar esse incômodo. Além disso, ele costuma vir acompanhado de outros sintomas, como dores e sensação de peso.

Neste artigo, trazemos mais informações sobre esse problema. Continue a leitura e saiba mais!

Quando procurar um médico para tratar o inchaço nas pernas

A primeira medida para acabar com o desconforto do edema nas pernas, é marcar uma consulta. Nela, o médico fará uma avaliação minuciosa do paciente, além do exame clínico. Depois de considerar várias questões, ele provavelmente vai solicitar exames complementares.

Entre os pontos que serão levantados pelo especialista, estão:

  • as características do edema: ou seja, se é firme ou mole, se é uniforme nas duas pernas ou sobressai em um dos membros;
  • o histórico do paciente: se ele passou por cirurgias recentes ou sofreu alguma lesão ortopédica, se possui problemas de coração ou quadro de hipertensão arterial;
  • desequilíbrios hormonais também podem afetar a circulação e causar o inchaço, tais como mau funcionamento da tireoide. Problemas renais ou queda nas proteínas do sangue são outros fatores que podem contribuir.

O edema pode ser ocasionado ainda pela má circulação, por problemas fisioterápicos secundários e varizes. Esse incômodo ocorre quando há um acúmulo de líquido no vaso sanguíneo e ele “vaza”, ficando estagnado nos membros inferiores.

É importante ficar atento ao aspecto das pernas, especialmente durante dias mais quentes, em que o inchaço aparece com mais frequência. Se você notar que tem sofrido com edemas constantes, não hesite em procurar o especialista.

Por se tratar de um problema que pode ter motivos diversos, ele deve ser avaliado o mais cedo possível,  pois pode ser indício de questões de saúde mais graves.

Sendo assim, a partir da análise clínica feita pelo médico, que engloba o exame no consultório e o levantamento do histórico da pessoa, será possível avançar no diagnóstico. Outros exames serão realizados para confirmar, descartar ou apontar as causas.

Saber a origem do inchaço nas pernas é essencial, principalmente, para definir o tratamento, que pode envolver prescrições médicas aliadas à técnicas fisioterápicas, como terapias compressivas, massagens, exercícios e drenagens. Por outro lado, se o motivo tiver ligação com questões mais sérias de saúde, o paciente será encaminhado para receber as orientações adequadas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular no Vila da Serra!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe