Pés inchados

Pés inchados: o que pode ser?

Você já sentiu ou sente os pés inchados com certa frequência? Saiba que esse incômodo pode ser indício de um problema de saúde mais grave e, por isso, é importante que seja investigado.

Muitas vezes, acabamos deixando de lado essa questão, usando tratamentos “caseiros” conhecidos, como passar algum tempo com os membros inferiores elevados, aguardando que a situação melhore.

No entanto, é recomendável que a pessoa que apresenta edema na região procure um especialista para apurar o que está acontecendo. Em primeiro lugar, cabe compreender porque o inchaço aparece: ele ocorre quando há vazamento de líquido no local e a substância fica acumulada. Além da área aumentada, o paciente pode sentir dores ou um desconforto mais intenso.

Identificar a causa desse vazamento é essencial não somente para iniciar o tratamento adequado, mas também para impedir que o quadro evolua para uma situação mais séria, como uma trombose, por exemplo.

Pés inchados: por que?

O diagnóstico depende muito da consulta com o médico e das informações que ele levantar nessa análise inicial. O especialista, além do exame físico, fará alguns questionamentos para o paciente a fim de descartar certas condições ou detectar a raiz do problema.

Entre outras questões, o médico deve avaliar se o inchaço:

  • atinge ambos os pés;
  • ocorre em um momento específico do dia ou se é persistente;
  • causa dor ou não;
  • vem acompanhado de manchas vermelhas ou outras mudanças no aspecto dos membros inferiores;
  • traz outros sintomas secundários, como febre ou falta de ar.

Essa anamnese é fundamental porque o inchaço nos pés pode indicar problemas circulatórios ou cardíacos, mau funcionamento dos rins, entre outras doenças. Sobrepeso e hipertensão arterial também favorecem o problema.

E, atenção: se o inchaço for súbito, procure imediatamente um médico. Ele pode indicar um problema grave, que é a trombose venosa profunda.

Calor e inchaço

É muito comum chegar em casa com edemas nos membros inferiores em dias quentes. Passar muitas horas sem sentar e hidratar-se pouco, além da dilatação causada pela temperatura elevada, contribuem para o inchaço.

Nesse caso, algumas medidas simples podem ajudar a amenizar o incômodo. Ter uma alimentação leve e ingerir bastante líquido também auxilia. Se você trabalha o dia todo sentado, lembre-se de fazer breves pausas e esticar as pernas por alguns minutos durante o expediente.

Mas, antes de tudo, não se esqueça de que os pés inchados podem ser sinais de alerta do corpo para problemas de saúde sérios, que demandam atenção.

Somente o médico poderá dar um parecer adequado. Ele provavelmente vai solicitar exames complementares para, assim, fechar o diagnóstico e apontar o tratamento correto. Não deixe para depois: procure um especialista e coloque o seu bem-estar em primeiro lugar.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgiã vascular no Vila da Serra!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe