varizes

O que são varizes?

As varizes podem ocorrer em qualquer indivíduo, no entanto, elas são mais frequentes nas mulheres. Os vasos dilatados causam diversos sintomas desagradáveis, deixando as pernas com aspecto indesejado. Mesmo sendo uma doença vascular, existem diversos tratamentos que ajudam a melhorar este transtorno, trazendo mais saúde e bem-estar ao paciente.

Mas, para tratar a patologia, é fundamental entender como ela ocorre e quais os cuidados necessários para contornar o quadro. Por isso, abaixo iremos mostrar algumas informações sobre a doença e quais são suas causas principais.

Acompanhe!

Qual a definição de varizes?

Varizes são veias que sofreram dilatação, devido a uma alteração funcional na circulação. Geralmente, elas aparecem superficialmente, podendo ser cilíndricas, saculares, alongadas e tortuosas.

É comum a sensação de dor ou queimação, além de outros sintomas que prejudicam a qualidade de vida de quem sofre quem elas. Além disso, os membros inferiores podem sofrer impactos na aparência por causa da maior evidência de veias saltadas. Isso é motivo para mais um desconforto, o estético.

As principais queixas dos pacientes que sofrem com esses problemas são dores e cansaço nas pernas. Os membros costumam se tornar mais pesados, inchados e com edemas, especialmente em períodos mais quentes, ou durante a gravidez.

Apesar de serem mais comuns nas pernas e pés, qualquer outra veia do corpo pode se tornar varicosa.

Quais as principais causas?

Existem muitos fatores que ajudam na dilatação das veias. O principal deles é a influência genética, já que há uma forte predisposição de ocorrer em pessoas da mesma família. A idade é outro ponto forte para o surgimento desses vasos. Existem outros motivos que contribuem para a ocorrência das varizes, como:

  • coágulos de sangue ou bloqueios dos vasos;
  • fístulas arteriovenosas, ou vasos sanguíneos anormais;
  • tumores;
  • veias profundas doentes;
  • outras patologias que envolvem as artérias, ou o sistema venoso.

Também há outros fatores de risco que devem ser levados em consideração, como:

  • gravidez;
  • obesidade;
  • ficar muito tempo em pé ou sentado;
  • pressão no abdômen;
  • trombose venosa profunda no passado.

Quais os tratamentos recomendados?

Para receber o tratamento mais adequado, é necessário contar com a ajuda de um médico especializado. O cirurgião vascular será o responsável por solicitar exames para avaliação das alterações nas pernas.

Os tratamentos sugeridos podem ser:

  • Escleroterapia: aplicação de injeção nos vasos, contendo medicamentos que ajudam a acabar com o vaso inflamado;
  • Cirurgia: deve ser feita de acordo com a situação do paciente, podendo ser convencional, a laser, radiofrequência, espuma ou outro método;
  • Uso de meias de compressão: elas pressionam as pernas, contribuindo para que o fluxo do sangue retorne ao coração.

Também é necessário adotar um estilo de vida diferente, contribuindo para que a doença desapareça e não ocorra a reincidência. Por isso, faça exercícios físicos de acordo com as recomendações do seu médico. Além disso, mantenha a alimentação saudável no dia a dia, evitando frituras, gorduras e o açúcar. Eleve as pernas sempre que for possível, para ajudar a circulação sanguínea. Evite usar roupas muito apertadas – elas também prejudicam a circulação normal do sangue.

As varizes podem incomodar, no entanto, procurando um especialista e tendo uma vida mais controlada, é possível reverter o quadro, mantendo a saúde do seu corpo em dia.


Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como
cirurgiã vascular no Vila da Serra!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe